O olfato é um sentido essencial e extremamente desenvolvido nos cães. É através dele que conhecem o Mundo, pelo que conseguem vivenciar diferentes sentimentos com odores diferentes.

Os odores agradáveis podem acalmá-los e trazerem-lhes outros benefícios a nível de saúde e bem estar, assim como o inverso.

Os óleos essenciais podem ser utilizados nos cães, tal como no Homem, contudo é importante saber quais e como pode fazê-lo.

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais são compostos aromáticos naturais que são encontrados em várias partes de plantas e lhes conferem o aroma conhecido. São absorvidos por inalação, contacto com a pele ou ingestão, entrando depois na corrente sanguínea, distribuindo-se pelo corpo. Alguns deles têm afinidade biológica por determinados tecidos e órgãos, o que potencia a sua utilização para determinados fins. A quantidade de óleo essencial usada deve ser controlada, pois eles podem ter efeitos poderosos no organismo.

Quais os óleos essenciais que podem ser utilizados nos cães?

Antes de mais, é importante aconselhar-se sempre com o seu Médico Veterinário habitual sobre a utilização de óleos essenciais no seu melhor amigo de 4 patas!

Destacamos 5 óleos essenciais que são seguros para utilizar nos cães:

  • Óleo de Lavanda: Lavandula angustifolia cria uma sensação de paz e harmonia, tendo efeito calmante e relaxante. Pode ser usado nos cães mais ansiosos ou nos momentos que mais stress lhes proporcionem como, por exemplo, uma viagem de carro ou ida ao Médico Veterinário.
  • Óleo de Cedro: Cedrus Atlantica ou deodara funciona como repelente de pragas como pulgas e tem ainda ação expetorante. Pode ser utilizado em cães seniores para alívio de dor óssea e nos animais mais nervosos, pois também tem ação calmante.
  • Óleo de Citronela: tem ótimo efeito para repelir insetos.
  • Óleo de Hortelã: Estimula o metabolismo e ajuda em distúrbios gastrointestinais como cólicas e diarreia.
  • Óleo de Cardamomo: tem benefícios ao nível dos sistema digestivo e respiratório. Ajuda a manter o trato gastrointestinal equilibrado, facilitando a digestão e reduzindo as cólicas gástricas. No sistema respiratório, atua melhorando a respiração. Além disso, potencia ainda um ambiente calmante para os animais mais ansiosos ou agressivos.

Ana Matias

Médica Veterinária

Published by Ana Matias

Experiência Terminou o Mestrado Integrado em Medicina Veterinária pela Universidade do Porto (ICBAS) em 2014. Desde então tem-se dedicado à Clinica de Animais de Companhia, com especial interesse nas áreas de Imagiologia, Reprodução Animal e Oncologia Clínica. Pós-graduada e certificada a nível europeu em Diagnóstico por Imagem pela ESPVS. A minha relação com os cães Desde sempre que não sei existir sem a presença destes animais. Ensinaram-me a admirá-los, respeitá-los e amá-los ao ponto de me darem força para me tornar na pessoa que sou hoje profissionalmente e a nível emocional. A Dora é a menina que me acompanha faz 8 anos, uma verdadeira rafeira de raça, como costumo dizer :) Enche-me os dias e o coração.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *