A ingestão de corpos estranhos pelos nossos melhores amigos de 4 patas é um acidente, infelizmente, comum. Os cães são extremamente curiosos e exploram novas texturas com a boca! Assim, o risco de comerem algo que não devem, como roupa ou brinquedos, é elevado!

O que é a “ingestão de um corpo estranho”?

Considera-se que um cão ingeriu um corpo estranho, quando engole um objeto e ele fica no seu trato digestivo (estômago ou intestino).

O que devo fazer?

Em caso de ingestão ou suspeita de ingestão de corpo estranho deve levar o seu cão ao Médico Veterinário com a máxima brevidade possível.

Quais os sintomas que meu cão pode apresentar se comer um corpo estranho?

 A sintomatologia é variável, mas podemos observar:

Como é diagnosticado?

O diagnóstico é realizado pelo Médico Veterinário através de radiografias, ecografia ou endoscopia.

Qual o tratamento?

A abordagem vai depender o tamanho e da localização do corpo estranho. Pode ser removido por endoscopia quando localizado no estômago e com pequenas dimensões, no entanto na maioria das vezes a resolução é cirúrgica – gastrotomia (abertura do estômago) ou enterotomia (abertura do intestino) para a remoção do objeto.

É uma situação grave?

Além do estado clínico do cão aquando o diagnóstico, as características do objeto ingerido também definem o prognóstico. O tipo, tamanho e a composição do material são bastante importantes. Quando o corpo estranho é grande, a probabilidade de provocar obstrução intestinal é elevada. Já os objetos perfurantes podem conduzir a rutura gastrointestinal. Ambas as situações são graves e colocam em risco a vida do animal.

Filipa Calejo

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Published by Filipa Calejo

# Experiência Mestrado integrado em Medicina Veterinária em 2013, pelo ICBAS, Universidade do Porto. Vencedora do prémio SPCAV-Vetmedin, melhor tese de mestrado na área de Cardiologia Veterinária, em 2014. Dedica-se a Clínica de Animais de Companhia, tendo como principais áreas de interesse cardiologia e dermatologia. # A minha relação com os cães: Apaixonada por cães, o que me motivou e traçou o meu percurso profissional. Companheiros para a vida e de amor incondicional. O Harley, um Jack Russell é novo membro da família com apenas 3 meses enche a casa de alegria e algumas traquinices ?

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *