O bichon Maltês é caracterizado pela sua personalidade forte mas doce e pela sua pelagem branca caracteristica. Mas sabe como cuidar de um bichon maltês?

O Bichon tem capacidade de se adaptar a varias rotinas. É um cão que tanto se adapta a um dono ativo que goste de passeios como a rotinas mais calmas e relaxadas. Esta característica de se adaptar a diferentes ambientes reforçaram o estatuto de cão de companhia de excelência que a raça foi adquirindo ao longo dos tempos.

A glamuroso Maltês é um cão de alta manutenção. Como cuidar de um bichon maltês?

O maltês tem uma pelagem branca e de suavidade única, que deve ser cuidado diariamente.

Deve ser escovado diáriamente com uma escova de pinos ou um pente de aço inoxidável para evitar ou remover qualquer emaranhados.

Antes de você pentear ou escovar o seu maltês, pulverize o pelo com uma mistura de condicionador diluído com água. Isso ajudará a proteger o pelo de quebra e evitar a acumulação de estática.

Os banhos também são recomendados. Deve dar banho ao seu maltês sempre que seu pelo começar a ficar acinzentado. Devem ser usados champos suaves apropriados para pets e para a raça e a frequência de banhos deve ser ,idealmente, mensal.

O pelo do maltes deve ser aparado frequentemente e deve procurar a ajuda de profissionais para faze-lo.

Outro factor muito importante é a limpeza dos olhos. É comum nesta raça que a zona à volta dos olhos fique acastanhada, normalmente por acumulação de lágrima. Para evitá-lo, deve limpar essa zona com gaze diariamente. Em alguns casos pode ser necessário uso de produtos especializados para diminuir a cor acastanhada do pelo.

Um maltês também precisa da mesma atenção básica como outros cães.

  • Apare as unhas semanalmente, deixe curto o suficiente para que não fica batendo no chão,
  • escovar os dentes com freqüência com um creme dental aprovado para pets para uma boa saúde e hálito fresco.
  • Cuidados com uma alimentação adequada à sua fase de vida e ao seu tamanho.

Helena Ferreira

Médica Veterinária

Published by Helena Ferreira

Experiência Mestrado Integrado em Medicina Veterinária no ICBAS - Universidade do Porto, concluído em 2017, tendo realizado vários estágios em Portugal e nos EUA onde aprofundou conhecimentos na área de Anestesia, Cuidados intensivos, Cardiologia e Radiologia. Desde de 2017 a trabalhar em clínica de animais de companhia com especial interesse nas áreas de Cirurgia e de Medicina Interna. A minha relação com os cães Os cães fazem parte da minha vida desde que a minha memória me permite lembrar. Cresci com eles e aprendi o significado de altruísmo e resiliência. São o verdadeiro exemplo se felicidade genuína! estão sempre lá para nós! Cá em casa tenho a Cuchi, uma “rafeirinha” com 15 anos mas espírito de cachorro! É um amor, a não ser quando se mete com os gatinhos cá de casa :)