Cães famosos dos desenhos animados

  • Snoopy
    É o cão do Charlie Brown, apareceu pela primeira vez em 1950 em banda desenhada e é inspirado na raça Beagle. 2 anos após ter surgido pela primeira vez, o Snoopy ganhou algumas características como a locomoção bípede, começou a verbalizar os seus pensamentos e a entender tudo o que as outras personagens diziam. É famoso por dormir no telhado da sua casota.
  • Scooby Doo
    É o Dogue Alemão que fala e dá nome a uma das bandas desenhadas e desenhos animados mais conhecidos na nossa infância. Surgiu a primeira vez em 1969 e acompanha quatro detetives nas suas aventuras que chegam a ser perigosas. O seu nome completo é Scoobert-Doo e é famoso por ter medo da própria sombra: todos nos lembramos de ver o Scooby Doo no colo do seu dono Shaggy.

Cães famosos da Disney

  • Pluto e Pateta
    São provavelmente os cães mais famosos da Disney. Criado em 1930, o Pluto é a mascote do Mickey e é inspirado na raça Bloodhound: trapalhão mas muito companheiro, ajuda o Mickey nas suas aventuras. O Pateta, criado em 1932, é uma personagem com traços humanos e caninos. Tem alguns trabalhos a solo mas é mais conhecido por surgir ao lado de personagens como o Mickey e o Donald. O seu chapéu é peça essencial no “outfit” e todos o conhecem pela sua bondade e inocência que o tornam um cão capaz de arranjar alguns sarilhos.
  • Prenda e Pongo
    São o casal Dálmata mais sortudo da Disney: 101 dálmatas são os filhos da Prenda e do Pongo. Cruela de Vil tem o sonho de confecionar roupas com pele de Dálmata e descobre que a sua amiga Anita e o marido Roger são os donos deste casal. Começa assim uma caça a este clã que faz de tudo para não ser apanhado pela vilã.
  • Lady e Tramp
    A Lady é a Cocker Spaniel de uma família aristocrata e cruza a sua vida com o Tramp, um cão da rua, quando tenta fugir da casa de uma familiar a quem foi deixada durante as férias dos seus tutores. Com mais dois amigos caninos, passam por algumas aventuras até que Lady volta para os seus donos, que depois adotam também Tramp. O filme data de 1955 e é mais conhecido aqui em Portugal por “A Dama e o Vagabundo”.
  • Bolt
    Inspirado no Pastor Branco Americano, o Bolt e a sua amiga Penny fazem parte de uma série de TV em que ele tem superpoderes. Bolt está convencido de que tem superpoderes e só quando viaja para Nova York é que acaba por perceber que nem tudo era como ele pensava. Lá faz amizade com uma gata e um hamster que acabam no final por ser adotados pela sua dona.
  • Dug
    É o Golden Retrivier do filme Up – Altamente! que data de 2009. Acompanha Carl Fredricksen e Russel nas suas infindáveis aventuras e consegue exteriorizar o que está a pensar, o que o torna numa personagem tão engraçada.

Cães famosos de carne e osso

  • Beethoven
    É o famoso São Bernardo que dá nome ao filme que data de 1992. Em cachorro, é roubado de uma loja de animais, conseguindo depois fugir dos ladrões e ir ter à casa daquela que se vem a tornar a sua família. O seu nome surge numa altura em que uma das meninas da família toca no piano a 5ª sinfonia de Beethoven e o cachorro ladra acompanhando a melodia. Passa por alguns momentos tristes ao ver-se envolvido com pessoas que o querem usar para estudos, mas o doce Beethoven acaba por ser resgatado pela sua família humana que tanto gosta dele.
  • Rex
    O Pastor Alemão cão polícia cuja primeira aparição data de 1994. É famoso pela ajuda que presta nas investigações, sendo não só capaz de identificar vários detalhes que passam despercebidos e se vêm a tornar excelentes provas, como ajudar na detenção dos criminosos.
  • Marley
    Baseado numa história verídica, Marley é o Labrador que dá nome ao filme “Marley e Eu” que data de 2008. O seu nome é uma homenagem ao cantor Bob Marley e este cachorro vem a revelar-se impossível de treinar. Com os estragos que vai produzindo, vai sendo motivo dos artigos escritos pelo seu dono. Vai acompanhando as aventuras desta família e o nascimento dos filhos, sendo sempre um grande companheiro.

Seja em banda desenhada, desenho animados, filmes de animação ou filmes reais, os cães continuam a chegar a nós para nos lembrar que, apesar das suas traquinices, são de facto os nossos melhores amigos, com amor incondicional para dar!

Joana Silva

Médica Veterinária

Published by Joana Silva

Experiência Mestrado integrado em Medicina Veterinária pelo ICBAS, U.Porto. Realizou estágios em Portugal e Espanha e tem realizado atividade profissional em Clínica de Animais de Companhia há mais de 3 anos. As principais áreas de interesse são medicina interna, nutrição e dermatologia. A minha relação com os cães O meu contacto com cães tem aumentado nos últimos anos e com ele também aumentou o meu gosto e respeito por eles: são fantásticos e tornam a vida de quem os acompanha muito melhor. São sem dúvida um dos melhores membros da família.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *