Não é raro irmos a passear na rua e ver cães destas duas raças. Muitas vezes estão a ser passeados mas também podem ir ao colo. Está interessado num cão de porte pequeno? Bichon Maltês vs Yorkshire, vamos ajudar a decidir.

Semelhanças Bichon Maltês vs Yorkshire

  • Porte pequeno: ambos em adultos não atingem mais de 10Kg, sendo por isso de porte pequeno.
  • Pêlo comprido: são as duas raças de pêlo comprido. Não se esqueça que o pêlo vai ser uma constante lá em casa.
  • Inteligentes e amigáveis: são cães muito simpáticos, dóceis e com muito mimo. Gostam da companhia do humano e podem ser bastante carentes.
  • Atividade física: apesar de pequenos gostam de gastar energias. Se está a pensar numa destas raças certifique-se que tem tempo para os passeios diários e para uma boa dose de brincadeira.

Diferenças Bichon Maltês vs Yorkshire

  • Cor do pêlo: o Bichon Maltês tem um pêlo branco enquanto que o Yorkshire tem uma cor característica preta e castanha ou preto e azul.
  • Origem: o Bichon Maltês pensa-se ser oriundo de Malta (embora haja quem defenda que o sua origem está na Grécia Antiga ou Egipto) enquanto o Yorkshire é oriundo de Inglaterra.
  • Interação com outros animais e pessoas: o Bichon Maltês pode ser mais sociável com as pessoas estranhas e outros animais do que o Yorkshire. Mas tudo depende da educação e dos períodos chave da socialização claro!

Problemas mais comuns de saúde

Como raças pequenas que são os problemas articulares, particularmente luxação de rótula são comuns. Esteja atento nos passeios se não manca, nem que seja só por momentos: pode ser um sinal.

A higiene oral é fundamental nestas raças: muito predispostos a tártaro e doença periodontal. Uma alimentação seca adequada e hábitos de higiene oral como escovagem, aplicação de pasta dentífrica ou géis específicos ou mesmo a utilização de snacks dentários são muito importantes.

Escovagem frequente e até tosquia podem ser necessários nestes cães. Além disso para tornar o pêlo brilhante e forte, a escolha de uma ração natural adequada é muito importante. Se os banhos forem comuns, o shampoo deve ser cuidadosamente escolhido.

Problemas cardíacos: sendo raças pequenas há alguma predisposição para insuficiência valvular com o passar dos anos. As consultas de rotina são muito importantes uma vez que a detenção precoce de um sinal cardíaco pode atrasar a progressão da doença.

Ambos podem ser excelentes companhias. Perfeitos para apartamento, embora não se possa esquecer dos passeios com eles, mas serão de certeza uma excelente companhia de sofá. O seu melhor amigo está à sua espera!

Joana Silva

Médica Veterinária

Published by Joana Silva

Experiência Mestrado integrado em Medicina Veterinária pelo ICBAS, U.Porto. Realizou estágios em Portugal e Espanha e tem realizado atividade profissional em Clínica de Animais de Companhia há mais de 3 anos. As principais áreas de interesse são medicina interna, nutrição e dermatologia. A minha relação com os cães O meu contacto com cães tem aumentado nos últimos anos e com ele também aumentou o meu gosto e respeito por eles: são fantásticos e tornam a vida de quem os acompanha muito melhor. São sem dúvida um dos melhores membros da família.