As raças gigantes são consideradas aquelas cujos animais adultos pesem mais de 50 quilogramas. Dentro desta categoria, incluem-se várias raças, 5 das quais vamos explorar de seguida:

  • Mastim – nas suas diferentes variações – Old English, Napolitano, Dogue de Bordéus, etc, foram classificados como os cães mais pesados do mundo. São animais que, em adultos, podem variar entre os 75 e os 95 Kg. São encorpados e maciços, e apresentam a pele enrugada muito característica. São ótimos cães de guarda e, apesar da aparência robusta são apelidados de “gigantes gentis”.
  • Terra nova – Os machos desta raça podem atingir 70 Kg e as fêmeas 60 Kg. É uma raça extremamente protetora e de personalidade benevolente e tranquila. Destaca-se pela inteligência e pela paixão pela água. A sua paciência e tolerância com crianças também os torna perfeitos cães domésticos.
  • São Bernando: Reconhecidos em todo o mundo e eternizados pelos filmes do “Beethtoven”, são de todos, talvez os mais conhecidos. De temperamento extremamente gentil e paciente, são animais perfeitos para conviver com crianças e com a sua família. Estes animais podem atingir até 90 cm de altura e atingir perto de 90 kg. O seu aspeto farfalhudo torna-os verdadeiros ursos de peluche gigantes.
  • Deerhound escocês, é um cão de caça de pêlo cerdoso originário da escócia. Podem atingir os 50 kg e 90 cm de altura. São cães esguios, mas muito altos e rápidos! Foram selecionados pelas suas aptidões para a caça. Apesar de muito atléticos e energéticos são, tal como os suprecitados, extremamente amigáveis.

Estas e outras raças da classe dos gigantes têm em comum, o facto de serem tão doces como colossais! Apesar disso, exigem naturalmente, bastante espaço e disponibilidade financeira já que a alimentação (que deve ser de elevada qualidade) e cuidados de saúde seguem correlacionados com as suas dimensões. Não obstante, são irrefutavelmente verdadeiros gigantes amorosos!

Encontre aqui ração para raças grandes.

Helena Ferreira

Médica Veterinária de Animais de companhia

Published by Helena Ferreira

Experiência Mestrado Integrado em Medicina Veterinária no ICBAS - Universidade do Porto, concluído em 2017, tendo realizado vários estágios em Portugal e nos EUA onde aprofundou conhecimentos na área de Anestesia, Cuidados intensivos, Cardiologia e Radiologia. Desde de 2017 a trabalhar em clínica de animais de companhia com especial interesse nas áreas de Cirurgia e de Medicina Interna. A minha relação com os cães Os cães fazem parte da minha vida desde que a minha memória me permite lembrar. Cresci com eles e aprendi o significado de altruísmo e resiliência. São o verdadeiro exemplo se felicidade genuína! estão sempre lá para nós! Cá em casa tenho a Cuchi, uma “rafeirinha” com 15 anos mas espírito de cachorro! É um amor, a não ser quando se mete com os gatinhos cá de casa :)

Leave a comment