Todos sabemos que os nossos patudos têm uma capacidade olfativa muito superior à dos humanos e por isso conseguem detetar odores e outras coisas que nos passam despercebidas. Vamos conhecer um pouco melhor as particularidades olfativas dos nossos melhores amigos.

1. O olfato é o sentido mais importante para os cães

Para os humanos a visão é o sentido mais importante, e a partir do qual nos conseguimos maioritariamente orientar. Para os patudos, o sentido mais essencial é o olfato, é através do nariz que vêem o mundo.

Para além de terem um olfacto muito mais desenvolvido do que o dos humanos, cerca de 10 a 100 mil vezes melhor, dependendo da raça, também conseguem distinguir muito bem os diferentes odores e conseguem inclusive detetar odores imperceptíveis ao nariz dos humanos.

2. Os cães conseguem cheirar emoções

Dado o seu olfato apurado, os cães conseguem cheirar determinados odores que são libertados pelas pessoas e outros animais em determinadas situações. Tal acontece, pois em determinadas situações são libertadas determinadas hormonas que os cães conseguem distinguir e interpretar, como por exemplo, como quando uma pessoa está com medo.

3. Os patudos conseguem detetar doenças através do seu olfato

É verdade, os patudos são capazes de detetar doenças nos humanos apenas pelo seu olfato, no entanto para que isto aconteça é necessário que o animal seja treinado para reagir e dar o alerta perante determinado odor.

Ao longo dos últimos anos muitos cães têm sido utilizados para diagnosticar certas patologias como cancros, e mais recentemente alguns patudos já são capazes de detetar pacientes com covid-19.

4. Os cães reconhecem as pessoas pelo cheiro

Como já vimos o olfato é o sentido mais importante para os nossos melhores amigos de 4 patas. Através deste sentido conseguem identificar várias coisas e também é assim que reconhecem as pessoas à sua volta.

Por esta razão, são também muitas vezes capazes de reconhecer as pessoas suas conhecidas mesmo sem as verem ou até mesmo no escuro.

5. Os patudos conseguem cheirar e identificar odores a longas de distância

A distância à qual os cães conseguem sentir e distinguir determinados odores depende de vários fatores, como o vento, se o cão está treinado ou não, se a pessoa costuma utilizar perfumes com odores fortes.

Por esta razão é que muitas vezes o seu melhor amigo já começou a ladrar e a fugir para a porta quando o dono ainda está a caminho de casa, porque já o consegue sentir perto!

Patrícia Azevedo

Médica Veterinária

Published by Patrícia Azevedo

Experiência Frequentou o Mestrado Integrado em Medicina Veterinária pela UTAD, tendo concluído posteriormente o curso no ICBAS (Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Realizou vários estágios em Clínica de Animais de Companhia trabalhando agora nessa mesma área . As suas principais áreas de interesse são Medicina Interna e Cirurgia. A minha relação com os cães Os cães sempre fizeram parte da minha vida e do meu percurso profissional. Desde pequena o sonho era ser veterinária e ter um cão, até que com 11 anos o Rover se tornou o novo membro da família e a inspiração para ser médica veterinária que hoje em dia recordo com muito amor e carinho. Agora a minha melhor amiga é a Dama uma patuda rafeira que me enche o coração. Os cães são das melhores alegrias que podemos ter, sorte de quem tem um patudo na sua vida!

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *