No dia 14 de fevereiro, não é só o Dia dos Namorados, é também um dia de celebrar o amor em todas as suas formas! Deixamos-lhe algumas sugestões de atividades para fazer com o seu patudo nesse dia 😊

Um snack especial:

É a oportunidade perfeita para por mãos-à-obra e confecionar biscoitos para o patudo, podendo até ser temáticos! 😊 Além de se divertir a faze-los e a decora-los pode ter a certeza que ele vai adorar ter um snack especial. É importante que siga uma receita própria para cães. 😊

Uma caminhada ou visita a um parque canino

Aproveite a oportunidade para gozar da companhia do seu melhor amigo de quatro patas fazendo uma caminhada, ou visitando um parque. Podem praticar exercício em conjunto ou apenas relaxar e desfrutar de escapadinha do stress do dia-a-dia. Pode procurar parques em que o patudo possa andar solto e pode ser um bom ambiente para socializarem e fazer amigos!

Uma ida à praia ou ao lago

Quem não gosta de passar um dia agradável perto da praia? Pegue na trela e num brinquedo favorito e aproveite para aperfeiçoar alguns comandos de treino e de brincadeiras com o seu patudo.  É a oportunidade ideal para relaxar perto da água e tirar umas boas fotografias para o álbum de família 😊 . Se o patudo se molhar na água salgada, não se esqueça de passar por água doce uma vez chegados a casa.😊

Independentemente do plano que escolherem e das circunstâncias, pode ser um dia passado com os que amamos, incluído os nossos felpudos! 😊

Helena Ferreira

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Published by Helena Ferreira

Experiência Mestrado Integrado em Medicina Veterinária no ICBAS - Universidade do Porto, concluído em 2017, tendo realizado vários estágios em Portugal e nos EUA onde aprofundou conhecimentos na área de Anestesia, Cuidados intensivos, Cardiologia e Radiologia. Desde de 2017 a trabalhar em clínica de animais de companhia com especial interesse nas áreas de Cirurgia e de Medicina Interna. A minha relação com os cães Os cães fazem parte da minha vida desde que a minha memória me permite lembrar. Cresci com eles e aprendi o significado de altruísmo e resiliência. São o verdadeiro exemplo se felicidade genuína! estão sempre lá para nós! Cá em casa tenho a Cuchi, uma “rafeirinha” com 15 anos mas espírito de cachorro! É um amor, a não ser quando se mete com os gatinhos cá de casa :)

Leave a comment