Está a dar a comida certa ao seu cão?

BlogSaúde

Metronidazol para cães: infeções do sistema gastrointestinal

O metronidazol é um antibiótico e antiprotozoário, utilizado frequentemente em gastroenterites nos cães. Saiba mais sobre este medicamento!

-20% para experimentar sem compromisso

Saiba o que o seu cão deveria estar a comer...

-20% para experimentar sem compromisso

Descobrir receita
Descobrir receita

O metronidazol é um antibiótico e antiprotozoário, derivado do nitroimidazol, frequentemente utilizado nos nossos cães. Isto significa que a sua utilização é eficaz no combate a infeções causadas por bactérias anaeróbias (que não necessitam de oxigénio), e parasitas digestivos como a Giardia.

Indicações do metronidazol para cães

Este medicamento é utilizado em diversas situações, desde infeções urinárias a infeções gastrointestinais, mas é nestas últimas que é mais comum. Contudo, nem todos os cães com problemas digestivos deverão ser tratados recorrendo a este antibiótico. Lembre-se que, cada caso é um caso, e o tratamento varia de animal para animal!

Nas patologias gastrointestinais podemos contar com o apoio deste antibiótico em:

  • Infeções por Giardia spp. e Clostridium spp.;
  • Tratamento de diarreia crónica associada a doença inflamatória intestinal (IBD). Neste caso, a utilização de metronidazol vai controlar o sobrecrescimento bacteriano intestinal. As bactérias da flora intestinal não são patogénicas, mas quando crescem em demasia impedem um funcionamento intestinal normal;
  • Tratamento de diarreias agudas de outras origens.

A terapêutica instituída nos cães com problemas gastrointestinais pode exigir a combinação de metronidazol com outros fármacos ou até mesmo dietas específicas. Nesse sentido, a avaliação médico-veterinária é imprescindível para se dar início ao tratamento adequado.

Precauções a ter em conta no uso do metronidazol

O metronidazol é um fármaco relativamente seguro, mas a sua utilização não controlada pode acarretar problemas. Deve ter-se em atenção que este antibiótico não deve ser usado em:

  • Animais com alergias ou sensibilidades ao mesmo;
  • Cães com doença hepática;
  • Cadelas gestantes ou lactantes;
  • Conjunto com outros fármacos, sem avaliação médico-veterinária prévia.

Quais os efeitos adversos do metronidazol?

Os efeitos adversos do metronidazol incluem:

  • Letargia
  • Debilidade
  • Doença hepática
  • Transtornos neurológicos
  • Neutropenia
  • Alterações gastrointestinais como vómitos e/ou falta de apetite.

O uso prolongado ou em doses elevadas pode conduzir a neurotoxicidade com problemas neurológicos associados, entre os quais convulsões, nistagmus, desorientação, tremores, etc.

Lembre-se que a base da alimentação do seu cão deve ser uma ração natural adequada à sua fase de vida e que cumpra todas as necessidades nutricionais, de forma a prevenir patologias futuras.

Como qualquer medicamento, o metronidazol não deve ser iniciado sem indicação médico-veterinária! Se o seu cão tem alterações gastrointestinais fale com o seu médico veterinário. Não é porque já fez anteriormente esta medicação ou por conhecer alguém que o fez, que vai ser o melhor para o seu cão.

Ana Matias

Médica Veterinária

Está a dar a comida certa ao seu cão?

Cada cão tem necessidades únicas e precisa de uma alimentação à medida. Descubra a comida certa para o seu cão, experimente sem compromisso com 20% de desconto.

Receber oferta