Para uma melhor vida, juntos

BlogSaúde

Linfoma no baço em cães: o que é e como se manifesta?

Existem vários tipos de tumores que se pode encontrar no baço dos cães. Uns de origem benigna e outros, infelizmente, malignos. Neste artigo vamos falar mais concretamente a nível dos linfomas que poderão surgir neste orgão, os sinais a que devem estar atentos e as possibilidades de tratamento.

Descubra a comida ideal para o seu cão: personalize a sua receita.

Dê uma vida melhor ao seu cão

Descubra a comida ideal para o seu cão: personalize a sua receita.

Simular
Simular

Tipos de linfoma no baço

O linfoma é uma neoplasia de células linfóides e pode portanto, originar-se em qualquer orgão que contenha tecido linfóide – medula óssea, baço, linfonodos (gânglios linfáticos), timo, sistema gastrointestinal e pele.

É das neoplasias mais frequentes nos cães, e apesar de não haver predisposição sexual, existem algumas raças mais predispostas como – Boxer, Bulldog, Golden Retriever, São Bernardo, Scotish Terrier, Airedale Terrier, Pastor Alemão e Caniche. Afecta também, maioritariamanete animais de idade média e idosos (>5 anos).

No baço – o linfoma que poderá aparecer será o linfoma multicêntrico, que é a forma mais comum.

Sintomas

Os sinais podem ser muito inespecíficos e quando descobertos muitas vezes já é tarde demais. Mas no caso do linfoma a nível do baço o animal muitas vezes pode apresentar anorexia, prostração, distensão abdominal e liquido livre abdominal (ascite / hemoabdómen nos casos muito graves em que já há ruptura do baço). Os gânglios linfáticos também poderão estar aumentados.


Diagnóstico e tratamento

O dignóstico do linfoma pode ser feito através de citologia ganglionar ou do orgão afectado (a ecografia nestes casos é fundamental), sendo que o ideal é sempre a análise histopatológica através da biópsia.

O tratamento é um desafio – é importante saberem que a esperança média de vida de um cão com linfoma não tratado é apenas de 6 a 8 semanas (em média), mas que com tratamento adequado pode atingir 12 a 16 meses de vida.

Em casos de massa única isolada – só o baço afectado , por exemplo,  a cirurgia pode ter sucesso. A quimioterapia continua a ser a principal forma de luta contra esta doença.

No caso de ter um animal sénior – lembre-se sempre da importância de check-ups regulares no seu Médico Veterinário 😊

 

Ana Pinto

Médica Veterinária de Animais de Companhia

Para uma melhor vida, juntos

Descubra um mundo de nutrição à medida do seu cão, desde comida a suplementos desenvolvidos por veterinários, entregue em sua casa.

Começar agora