Existem muitos motivos que podem levar os seus cães a lutar. É super importante que consiga identificar primeiro o problema e o que os leva a terem esse comportamento e depois lidar com a situação específica. Saiba os principais motivos e responda à pergunta “Como evitar que os meus cães lutem”.

Causas 

A maior parte das situações de luta e demonstração de agressividade são casos extremos de stress, medo e desconforto. O primeiro passo para a solução é saber identificar o que despoleta este comportamento! 

Existem causas associadas à marcação de território e ao cio (tanto fêmeas como machos);  a sentimentos de posse e dominância em relação ao dono ou a comida ou a brinquedos; falta de socialização, etc.

Podem haver mais razões envolvidas, por isso, conheça bem os seus cães e tente identificar comportamentos ou movimentos corporais que indiquem agressividade e que a interação se está a tornar perigosa. Normalmente o animal dá diversos sinais: orelhas para trás, olhar de lado, rosnar, postura mais tensa, olhos dilatados, eriçar o pêlo, entre outros. Aqui ele já nos está a dar informações de que não está confortável e devemos começar a trabalhar de imediato!

O que fazer?

Depois de identificar a causa pode começar por tratar a situação específica: 

  • Se for por comida, pode começar a dar refeições em locais separados ou com horários distintos. 
  • A sua fêmea está em cio e ataca o macho quando este tenta interagir com ela, pode ponderar a esterilização
  • Se lutam por causa de um brinquedo específico será melhor retirar este objeto da equação. 

É essencial quando quer apresentar um novo animal à família, que os apresente com o controlo da trela. Deixe-os verem-se à distância e depois aos pouquinhos aproximá-los para que eles se possam cheirar e conhecer. Aqui consegue logo aperceber-se se a interação está a correr bem e se os dois cães estão calmos. 

Também a socialização desde cachorros torna a interação com outros animais muito mais fácil e saudável. O treino desde pequenos evita muitas preocupações! 

Cuidados veterinários

Uma das razões que pode levar a uma luta é normalmente a dor generalizada. Um cão desconfortável vai reagir de forma mais violenta quando tentam interagir com ele. 

Saiba os sinais associados a dor que os cães possam demonstrar e consulte o seu veterinário!

Uma das razões de dor mais frequentes é a dor articular que pode ser demonstrada, por exemplo, pelo movimento de ele se virar para trás e lamber a sua mão quando lhe faz festas nas costas. Ou quando está a brincar com o outro cão e quando este salta sobre ele, ele reage com rosnar ou fugir ou ganir. Cães geriátricos têm mais tendência a desenvolver este tipo de dor, mas infelizmente pode acontecer a qualquer idade.

Na verdade não existe nenhuma fórmula mágica para responder à pergunta “Como evitar que os meus cães lutem”, mas treino consistente e paciência podem ajudar imenso! É sempre aconselhado haver uma avaliação externa por um veterinário especializado em comportamento ou um treinador especializado que o ajude e o acompanhe para o direcionar na melhor direção! Se identificar sinais de agressividade ou não consegue controlar os seus animais, contacte o seu médico veterinário.

Filipa Pinheiro

Médica Veterinária de animais de companhia