Dachshund

O Dachshund, igualmente denominado por Teckel, é uma raça que teve origem na Alemanha há cerca de 600 anos atrás. O seu físico peculiar e a sua bravura e determinação foram especialmente desenvolvidas para estes cães serem exímios na caça de texugos. Hoje, existem duas variedades em termos de tamanho – standard e miniatura – e três variedades de tipo do pelo – cerdoso, curto e comprido.

Dogo Argentino

Tal como o próprio nome indica, esta raça teve a sua origem na Argentina, onde era utilizado para a caça de pumas e de javalis e para lutas. São animais de porte grande, que podem oscilar entre os 35 e 45kg. Conhecidos pelo seu temperamento calmo e por raramente ladrarem. São animais bastante protetores que devem ser treinados desde cachorros.

Épagneul Breton

Na história desta raça destaca-se a polémica envolta na sua origem. Apesar de terem aparecido oficialmente na Bretanha, França, os cruzamentos exatos que lhe deram origem são controversos. Duas linhas de pensamento divergem relativamente à sua origem. alguns cinólogos defendem que tiveram parte da sua origem na peninsula ibérica sendo o termo Épagneul derivado da palavra “espanhol”, enquanto outros defendem que estes animais nada tem a ver com os animais ibéricos e que o termo remete para o verbo francês “espanir” que significa agachar-se ou esconder-se. O Épagneul Breton é o único Spaniel que aponta a caça. Assim, pode-se dizer que tem tamanho de Spaniel, mas a sua função é a de Pointer, levantando e carregando as presas quase sem as danificar.

Setter inglês

Muito conhecido, pela Europa, por serem um excelente cão de parar (caça). O Setter inglês é criado na Grã-Bretanha, no século XIX. São cães de porte médio, pesando entre 25-30kg em adulto. Donos de um pelo comprido, malhado ou liso e de cores preto e branco, branco e castanho, branco e laranja, branco
e ruivo, preto. É uma raça muito ativa e bastante amigável, tanto com crianças como com outros animais.

Shiba Inu

Raça proveniente do Japão, com aspeto típico muito parecido com uma raposa. Os exemplares desta raça, pesam entre 8 e 14kg e, apesar de não serem muito comuns no nosso país, são uma das raças mais antigas de que há registos. É um animal muito resistente, sendo que nos primórdios da sua existência era utilizado como cão de caça.

Bichon Frisé

Apesar de a sua origem não estar bem documentada, acredita-se que esta raça tenha a sua origem em França. São fisicamente parecidos com os caniches mas têm uma personalidade muito distinta e são conhecidos pelo seu temperamento carinhoso e por serem cães bastante sociáveis. São animais de porte pequeno, com pelagem branca e ondulada, facilmente reconhecida.